sábado, 2 de março de 2019

”Sopa de Abóbora, com leite de Coco e Gengibre”





Ingredientes:
Para 4 porções
1/2 abóbora japonesa com casca, mas sem sementes
1 colher de sobremesa de gengibre (se gostar muito, coloque mais)
1 pimenta dedo-de-moça média
1/2 copo americano de leite de coco
Cebolinha verde a gosto
Coco ralado (opcional) para finalizar
Sal e pimenta-do-reino moída a gosto
Azeite a gosto
1 copo de água filtrada

Preparo:
Retire a semente da abóbora, corte em cubos grandes. Forre uma assadeira com papel manteiga, coloque os cubos de abóbora, tempere com sal, pimenta, gengibre e metade da pimenta dedo-de-moça (se quiser menos picante, retire as sementes)
Asse em forno com temperatura média (180º C) por 15 minutos ou até ficar macia.
Leve a abóbora cozida para uma panela, coloque um copo de água, o leite de coco, bata com um mixer até virar um creme homogêneo e deixe no fogo até virar um creme espesso.
Caso não tenha mixer, passe no liquidificador e depois leve à panela e ferva até ficar na consistência desejada (cremoso).
Acrescente a cebolinha, acerte o sal, a pimenta e sirva.

Obs: Ótima para depois da ressaca de pular o carnaval

Parabéns a todos nossos amigos (as); Feliz Aniversários



sexta-feira, 1 de fevereiro de 2019

Parabéns a todos Aniversariantes deste mês de Fevereiro/2019




“Torta de palmito na frigideira: deliciosa e fácil de fazer”






Ingredientes:

Massa: 2 ovos + 2 colheres de sopa de farinha de amêndoas (ou farelo de aveia) + 1 colher de café de fermento + 1 pitada de sal

Recheio: 1 tomate pequeno picado + 1/2 cebola picada + coentro (ou salsa ou cebolinha) + 4 colheres de sopa de palmito picado + sal a gosto. Refogue os temperos com azeite e acrescentar o palmito no final.

Modo de preparo:

Numa tigela bata bem os ovos com garfo e acrescente a farinha, o sal e o fermento. 
Despeje a metade da massa na frigideira pequena (14 cm de diâmetro) untada. 
Coloque o recheio por cima e cubra com o restante da massa. Leve ao fogo bem baixo por 7 minutos (quando a massa estiver firme), vire o lado da frigideira e deixe mais 5 minutos.

Dica:
Se seu fogo mínimo do fogão não for muito baixo, colocar uma grelha em cima da outra.


“COMO ESCOLHER MARACUJÁ: CONFIRA DICAS PARA ACERTAR NA HORA DAS COMPRAS”

Maracujá Doce

Maracujá Azedo

Maracujá Roxo



“Confira as dicas; existem 3 tipos de Maracujás: ”
Aqui no Brasil podemos encontrar 3 tipos de maracujás: o azedo, o doce e o roxo. O maracujá azedo é o mais comum nos mercados e feiras, é o amarelinho redondo da casca mais grossa. Já o doce e o roxo são mais difíceis de serem encontrados, sendo o último comercializado normalmente só no começo do ano. O maracujá doce é parecido com um mamão papaia e o roxo tem a cor mais avermelhada. Para todos eles são importantes seguir algumas etapas para levar a fruta mais madura e gostosa possível.

“Fique de olho na casca: ”
A cor e a textura do maracujá são os indícios mais fortes para saber se ele está ou não bom para o consumo. Sempre dê preferência às frutas que não estão mais verdes, pois isso significa que elas já estão no processo de amadurecimento. Maracujás azedos devem sempre estar bem amarelinhos, com a casca mais enrugada e sem nenhum sinal de manchas escuras ou rachaduras. Já os doces devem estar com a casca bem lisa e firme, mas sem manchas escuras ou rachaduras. Dica: um truque para saber se o maracujá está maduro e perfeito para ser usado é se ele aguenta uma leve pressão na casca. Com os dedos, dê uma leve apertada no maracujá, se ele romper ou estiver super-rígido não compre. Ele deve segurar a pressão, mas cedendo bem de leve.

“O peso importa: ”
Escolher o fruto com a maior quantidade de polpa possível é simples: sempre escolha os maracujás mais pesados. Pegue dois do mesmo tamanho e verifique o peso: o mais pesado certamente terá mais polpa. Assim, você garante que suas receitas fiquem cheias de sabor e super deliciosas

“Escolheu errado? Ainda dá tempo de amadurecer! ”
Mesmo depois dessas dicas, você acha que escolheu errado e sua fruta ainda precisa madurecer? A gente ajuda! Assim que você comprar o maracujá, deixe-o terminar de amadurecer em casa fora da geladeira. Muitas vezes, a fruta precisa de mais alguns dias ou horas para ficar perfeita. Por isso, deixe-o descansar em temperatura ambiente, em um lugar seco, arejado e longe do sol. Fique atento para que o maracujá não passe do ponto e consuma-o assim que amadurecer!